Kulārṇava Tantra

कुलार्णव तन्त्रम्

 

KULĀRṆAVA TANTRAM

 

  

Kulārṇava Tantra em português

Tradução para o Português a partir

do estudo das Obras em Sânscrito com comentários para o Inglês por: 

Sir John Woodroffe,

  1. P Pandit,

Prachya Prakshan &

Ram Kumar Rai

ॐ गुरवे नमः

Oṁ Gurave Namaḥ 

________________________________________________________

© Todos os Direitos Reservados – Não pode ser comercializado por qualquer meio.

Traduzido para o Português por: 

… uma yoginī em seva a Śrī Śiva Mahādeva …

Karen de Witt

Rio de Janeiro_Brasil

2012/2013


 

 

ÍNDICE

प्रथम उल्लासः – Prathama ullāsaḥ – Primeiro ullāsa

As formas de Śiva, características das Criaturas e suas condições – As quatro espécies de Criaturas – A superioridade do corpo humano – A Preservação do Corpo – Perecibilidade dos Deuses como Brahmā etc. – Causas da decadência na expectativa de vida – Frutos das ações de uma vida colhidos em outra – Os sofrimentos Devido aos próprios pecados – Não-apego é Liberação – Males do mundo – Sem conhecimento discriminativo não há liberação mesmo através da emancipação do corpo – Omissão das Práticas Ritualísticas – Não há Liberação a partir do estudo dos Śāstras sozinho sem o Conhecimento Espiritual – A Verdade inerente no eu – A Liberação somente através do Conhecimento Real – A instrução do Guru sozinho pode dar a Liberação – Dois tipos de conhecimento – Escritural e Raciocínio Mental – Nenhum conhecimento Espiritual sem controle dos Sentidos e bondade do Guru.

द्वितीय उल्लासः – Dvitīya ullāsaḥ – Segundo Ullāsa

A Superioridade doKula-dharma –  Ordem de Superioridade –O Kaula desfruta tanto de Bhoga quanto de Yoga –Os Deuses também aderemao Kuladharma – A disciplina submetida em vidas anterioresproporciona o Conhecimento do Kuladharma –  O Conhecimento doKuladharma desponta sobre uma mente purificada pelo Mantra e Japa –Elegibilidade para o Conhecimento –Pecados da transmissão do Kuladharma a quem nãomerece – Glória do Kula-dharma –Culto do Kula (Śaktidevī) providencia o Estado de Bem-Aventurança– O ignorante doKuladharma vive como um animal – Somente é um homem quem segue o Kuladharma –Os sábios do Veda mas ignorantes do Kula sãoinferiores até mesmo aos Cāṇdālas – O adorador de Śakti, por si só, é um VerdadeiroKula – Os seis sistemas de filosofias são os Membros deŚiva e os Vedas-Śāstras estão plenos do Kuladharma –Autenticidade doKula-śāstra inerente em seu fornecimento de frutos imediatos – O Conhecimento do Kula não é para pecadores – Os Paśuśāstras propagados para seduzir os espíritosdo mal – A condição do Kuladharma nas mãos de pessoas comfalso conhecimento – A bebida condenada pelos Vedas – Onze tipos de vinhos proibidos para os Dvijas – Penitências sobre oparecer etc., do vinho – Penitências de assassinato sem sentido – Oito tipos de assassinos de animais – Três tipos de matança – Os cinco M’s devem ser recorridos somente na forma prescrita – Comprovação Védica em favor do Kuladharma.

तुती उल्लासः – Tutīya ullāsaḥ – Terceiro Ullāsa

Urdhvāmnāya é Purṇa Brahman – A origem dos cinco Āmnāyas a partir das Cinco Faces de Śiva – Superioridade do Urdhvāmnāya – A origem dos Āmnāyas a partir das porções dos Deuses, Śakti e Śiva – O Urdhvāmnāya pode ser conhecido somente da boca do Guru – As bases do conhecimento do Urdhvāmnāya – Superioridade do Urdhvāmnāya – Significado do Urdhvāmnāya – Frutos do conhecimento dos Āmnāyas – O conhecedor do Urdhvāmnāya é abençoado e Liberado desta vida mundana – Elogio ao conhecedor do Urdhvāmnāya – A distinção dos Āmnās baseado na Criação etc. – A distinção dos Āmnās nas bases dos Caminhos – Distinção dos Āmnās na base do número dos Princípios – No Urdhvāmnāya existe a ausência de tudo acima – Glória de Śrī-prāsāda-parā Mantra na Forma de Śiva-Śakti – O mundo inteiro é inerente neste prāsāda Mantra – Mantras sem o acompanhamento do prāsāda-parā Mantra são ineficazes – Até mesmo os Deuses e os Sábios recitam o prāsāda-parā Mantra – Os homens de menorclasse, se eles conhecerem o Śrī-prāsāda-parā Mantra, podem instalar um Ídolo de um Devatā – O Conhecedor do prāsāda-parā Mantra tem o conhecimento de tudo,de Śiva, de Mantras etc – O Prāsāda-parā Mantra é o melhor de todos os Frutos –Prāsāda-parā Mantra é a Unidade de todas as Formas – Louvor ao Śrī-prāsāda-parāMantra – Método de recitação do Śrī-prāsāda-parā Mantra – O Śrī-prāsāda-parāMantra concede tanto Desfrute quanto Emancipação.

चतुर्थ उल्लासः  –  Caturtha ullāsaḥ  – Quarto Ullāsa

O Śrī-prāsāda-parā Mantra –  Significado da palavra do Prāsāda Mantra – Esboço dos Deveres precedentes ao Nyāsa – O Rṣyādi-nyāsa de Śrī-prāsāda-parā Mantra – Alpa Ṣoḍhā-nyāsa – O processo inteiro deve ser como se segue – Māha-ṣoḍā-nyāsa – Prapañca Nyāsa – Bhuvana Nyāsa – Mantra Nyāsa – Devatā Nyāsa – Mātṛkā Nyāsa – Ardha-Nārīśvara Dhyāna – Contemplação nas formas Puṁ, Strī e Niṣkala – Exibição das Mudrās – Contemplação de Śrī Gurudeva – Frutos do MahāṣoḍhāNyāsa.

पञ्चम उल्लासः  – Pañcama ullāsaḥ – Quinto Ullāsa

Questões relacionadas aos vasos básicos etc –  Necessidade dos vasos básicos – Metais para a construção dos vasos – Tipos de vasos de acordo com os desejos a serem preenchidos – Nome dos Kula-dravyas–  Nome dos onze tipos de vinho – Décimo segundo vinho, Surā: suas espécies e qualidades – Qualidades dos bons vinhos – Desejo,etc, poderes (Śaktis) no Surā – Métodos de tomar o vinho – Três tipos de carne– Frutos de ver a carne – Não há pecado em matar por causa dos Pitras– Existênciade Brahmā etc., Deuses em vários ingredientes da carne – Coisas a serem oferecidas na ausência de carne – Inter-relação de Matsya, Māṁsa e Madya – Pecados da não realização da adoração Kula – Deveres daqueles incapazes de realizar a Kulapūjā – Madya-māṁsa necessário em todos as seitas Śaivas, Vaiṣṇavas etc – Kuladravyas necessários no Japa e nos Sacrifícios – Superioridade daquelasrealizações no Sacrifício Interno – Frutos da co-participação do Kula-dravya –Sintomas da emancipação – Momento de beber pela classe dos Brāhmaṇas etc – Vinhoetc., não deve ser tomado exceto na ocasião do Sacrifício – Inutilidade de se beber o que é proibido mesmo para um Vīrasādhaka  – Ignorante de um Kaulikācāra (Meios de um Kaulika) – Tomando os draviyas sem um direito encontra expulsão em todas as religiões – Os cinco M’s impuros são proibidos – Aderindo ao Paśvācāra, atémesmo um Kaula vai para o inferno – Viciado em vinho encontra sua queda – A bebida Verdadeira do Sūdha – O Māṁsa e o Madya Verdadeiros – A Realidade do Maithuna.

षष्ठ उल्लासः  –  Ṣaṣṭha ullāsaḥ – Sexto Ullāsa

Sintomas dos adoradores – Local e assento para o Kula-Pūjā– Necessidade das cinco purificações – Necessidade dos Maṇḍalas no culto – Sāmānya etc cinco vasos –Determinação dos dravyas para as libações – O surā não cultivado  é proibido – Os 16 desejos preenchidos nas fases da Lua (Candra Kalā) originando dos Svaras – As 12 riquezas dadas pelos Kalās de Sūrya iniciando de Ka-Bha e terminando em Ṭha-Ḍa – Os 10 Agni-kalāsdas letras de Ya a Kṣa, o qual dá mérito religioso – Os nomes dos Kalās de Auṁkāra– Os 10 Sthiti-kalās originados de U-kāra e nascidos de Viṣṇu – Os 10 saṁhāra-kalās originados de Ma-kāra e nascidos de Rudra – Os 5 Tirodhāna-kalās originados de Bindu e nascidos de Īśvara – Os 16 Anugraha-kalās originados de Nāda e nascidos de Sadāśiva – Mantra para a purificação dos elementos – Amṛteśī Mantra – Método para a purificação do vaso – Mantra para a purificação do vaso – A linhagem deGurus chamada Divyaugha, Siddhaugha e Mānavaugha – Mantra para a invocação da Devi – Imaginação da Forma de Brahmana – Dez locais para a adoração da Devi – Razões para a adoração de um símbolo – Importância de aderir às regras – Unidade do Devatā Mantra e do Yantra – Etimologia da palavra Yantra – Método de adoração do Yantra – Método de oferecimento de libações de água para a Divindade –Determinação dos dedos para oferecimento das libações sobre as bases dosdesejos a serem realizados – Meditação sobre a linhagem dos Gurus.

सप्तम उल्लासः – Saptama ullāsaḥ– Sétimo Ullāsa

Mantras de oblações para Baṭuka – Mantra de oblação para Yoginī – Mantra de Oblações para Sarvabhūtapatiḥ– Mantra de oblação para Kṣetrapāla – Mantra de oblação para  Rāja-Rājeśvara – Locais de oferecimento de oblações para os Baṭukas  – Determinação dos dedos nas oblações dos Baṭukas  –Mantra e sintomas do Kula-Pūjā  – Depois bebendo pela Śaktī, bebendo pelo Sādhaka – Kulāṣṭaka: as oito Kula-Śaktīs – As oito não-Kula-Śaktīs – Sāhaja Śaktī – Na ausência de Śaktī, a imaginação de Sua Forma – Śaktis com boas características e aquelas que devem ser excluídas –Mantras para oferecimento de adoração à Devi – Iniciando o pardon – Mantra para Seśikā – Explicação dos três elementos pelo Guru aos seus discípulos –Purificação do corpo do Śiṣya – Distinção de Ātma etc., Tattva-traya e frutos de seu conhecimento – Bebendo diante do Guru etc., é proibido – Bebendo sem o conhecimento das distinções de Prāṇas e Mantras é proibido – Método de beber – Os três tipos de como beber – Métodos de beber para aqueles que são totalmenteiniciados.

अष्टम उल्लासः – Aṣṭama ullāsaḥ– Oitavo Ullāsa

Sete alegrias e suas características –Regras para as substituições dos draviyas – Regras relacionadas à repartição da bebida dos restos das libações no Cakra – Métodode oferecimento das libações para Ucchisṭa-Bhairava – Comportamento dos Sādhakas no Cakra – Sem perversidade mental é Devatā Bhāva – Pecado de mostrar desrespeito ao Kaulika – Frutos de mostrar respeito ao Kaulika – Unmanollāsa, o Estado de equilíbrio e Śambhavi Mudrā – Todos os 8 Avasthās e as 8 Realizações inerentes no Sétimo Ullāsa – Nenhuma discriminação no Bhairavī-Cakra – Pecado na discriminação das castas em um Cakra – Método dos homens e mulheres se sentarem em um Cakra – O Mundo na forma de Śiva e de Śakti – Samādhi, forma de união de Śiva e de Śakti – Voluptuosidades proibidas.

नवम उल्लासः – Navama ullāsaḥ– Nono Ullāsa

Brahmajñāna – Marcas de um Yogī –Características de Samādhi – Características de liberação em vida – Características de uma pessoa em Samādhi – Nenhuma diferença entre Jīvātmā e Paramātmā –Características de Dhyāna – Frutos do conhecimento da Suprema Realidade –Características do yoga – Os 4 Estados de um Sādhaka – Método de adoração do conhecedor da Verdade – Forma de Jīva e de Paramātmā – Local do Devatā com base na diferença de Elegibilidade – Características de um Yogī que conhece a Suprema Verdade – Características dos Kula Yogīs – Nenhuma proibição processualpara um Kaulika – Comportamento de um Kula Yogī – Características de um KaulikaSuperior – Gloria de um Kaulika – Fruto da Adoração Kaulika – Efeitos adversos de negligenciar o conhecedor do Kula – Procedimento de caridade para um Kula-Yogī – Seguindo as práticas do Varṇāśrama e o objetivo do Karma – Elegibilidade para o Karma Yoga – Renúncia das ações para o não elegível é proibido – Somente um Brahmajñānī e o conhecedor da Verdade é livre do Karma.

दशम उल्लासः – Daśama ullāsaḥ– Décimo Ullāsa

Os 3 tipos de adoração – Recorrendo aos 5 M’s pelos desejos pessoais é pecado – Ocasiões para adoração – Cakra adoração pelo Sādhaka ou Ācārya – Adoração das Yoginīs para apacificação das doenças – Características do Śrī Cakra – Adoração das 9 virgens e seus frutos – Método de adoração das 9 jovens – Método de adoração da Śakti nas sextas  – Adoração dos 9 Mithuna  – Adoração do Iṣṭa Devatā no mês de Vaiśākha–  Adoração do Iṣṭa Devatā no mês de Māgha – Adoração do Iṣṭa Devatā em Kārtika – Adoração do Aṣṭāṣṭaka – Adoração do Śrīkaṇṭha etc., 50 pares – Adoração de Keśava etc., pares – Adoração das Dākinīs – Frutos de Dūtī-yāgna – Frutos do adoração Trika – Nenhuma adequação no Cakra sem a adoração Kula – Louvor da Kula Pūjā – Seis Favores – O Mantra para esta Adoração.

एकादश उल्लासः – Ekādaśa ullāsaḥ– Décimo-PrimeiroUllāsa

No evento da chegada de um Kaulika desconhecido – Momento de adoração – Deveres relacionados à adoração – Solicitação para o néctar na casa de um Kulācārya – Regras relacionadas à bebida do Kula dravya – Comportamentos proibidos no Cakra – Perda pelo contato de um Paśu – Deveres de um Sādhaka – 5 tipos de esposas do Guru – Mulheres Proibidas – Mulheres veneráveis – Coisas a serem veneradas quando vistas –Ações proibidas – Todas as mulheres são como mães – Sobre as Kula-Vṛkṣas – 5 ações e 5 pecados proibidos para os Kaulikas – Especialidade dos Kaulas – Ações pecaminosas – Nenhum pecado em matar quem descrê o Kula – Assuntos do Śrī Cakra são secretos – Erros que trazem a queda dos Kaulikas – A importância da boa conduta – Penitência para o Sādhaka culpado – Ācāras a serem instruídos três vezes pelo Guru – Responsabilidade do Guru para os pecados dos discípulos.

द्वादश उल्लासः – Dvādaśa ullāsaḥ– Décimo-Segundo Ullāsa

Gloria do Pādukā – Identidade do Guru e de Īśvara – Condenação de alguém desprovido de devoção ao Guru –Fruto de devoção ao Guru – Guru não está relacionado a um mero mortal – Pecado de se abandonar o Guru e o Mantra – Comportamento adequado em relação ao Guru – Regras relacionadas às Saudações ao Guru.

त्रयोदश उल्लासः – Tryodaśa ullāsaḥ– Décimo-TerceiroUllāsa

Características de Śiṣyas que devem ser rejeitados – Características de Śiṣyas aceitáveis –Características do Guru – Embora sem formas os Gurus têm as forma de Śiva – Brahmā, Viṣṇu Śivatva de Śrī Guru – Nenhuma diferença entre a Divindade, o Mantra e o Guru –Características de um Guru superior – O conhecedor da verdade sozinho é o Guru verdadeiro – Tipos de Guru.

चतुर्दश उल्लासः – Caturdaśa ullāsaḥ– Décimo-Quarto Ullāsa

Nenhuma liberação sem Iniciação e nenhuma Iniciação sem Ācārya – Iniciação significa a união com Śiva e a liberação depois da morte – Sem o teste apropriado, a instrução do Guru e o recebimento do discípulo ambos cometem erros – Instrução depois da iniciação – Método de testar o discípulo – Dois tipos de Śiṣyas – Três tipos de instruções – Três tipos de Iniciações sem rituais – Sete tipos de Iniciação que dá a liberação –Seis condições de Vedha – Louvor daqueles plenamente consagrado – Dois tipos de iniciação e glória da iniciação – Método de Iniciação para os Śūdras e para as mulheres.

पञ्चदश उल्लासः – Pañcadaśa ullāsaḥ– Décimo-Quinto Ullāsa

Superioridade do Japa – Cinco membros do Puraścaraṇa – Japa de um Mantra conjunto com Bhūta-lipi – Mantras recebidos impropriamente são injuriosos – Locais agradáveis e proibidos para o Puraścarana – Adoração do Senhor da Luz é necessário – Assentos aceitáveis e rejeitáveis – Método de Prāṇāyāma e seus frutos – Método de Japa somente com Nyāsa– Dois tipos de Akṣamālās e o fruto do Japa neles – Regras para o uso dos dedos no Japa – Mantra livre de duas impurezas por si só dá frutos  – Os Mantras são infrutíferos sem o conhecimento de seus significados – Os Mantras desprovidos de sua potencia são infrutíferos– 60 defeitos dos Mantras – 10 ritos purificatórios dos Mantras – Regras relacionadas aos alimentos etc., durante o período do Puraścaraṇa – Características de Siddha etc., Cakras – Mantras para os quais a consideração de Siddha etc.,não são necessárias – Fatores que obstruem o sucesso no Japa – Condições condutivas para o sucesso no Japa.

षोडश उल्लासः – Ṣoḍaśa ullāsaḥ– Décimo-Sexto Ullāsa

Frutos do Japa e do Homa – Sādhaka com um Siddha Mantra obtém sucesso nos 6 rituais – Nenhuma liberação para um Sādhaka dos 6 rituais – Pacificação das faltas e dos experimentos com Cakra pūjā – Coisas a serem conhecidas antes de recorrer aos experimentos – As 6 diferenciações dos Mantras – Diferenças dos Mantras com base nos fins desejados– Dhyāna para vários rituais – Pureza (Sāttvika) Dhyāna e seus frutos – Método de Havana na pacificação, cativação e atração etc., dos 6 rituais – O conhecedor do Parā-prāsāda Mantra é liberado nesta mesma vida – Método de causar inimizade, aversão e morte etc., nos 6 rituais – Contemplação das cores branca, etc., nos rituais de pacificação etc., nos 6 rituais –  Método de destruir aqueles que causam injuria.

सप्तदश उल्लासः – Saptadaśa ullāsaḥ– Décimo-Sétimo Ullāsa

Oração ao Gurudeva – Contemplação do Guru etc., nomes – Proibição de manter livros na casa de um Paśu – Adoração diária do livro – Frutos de ler ou ouvir a gloria do Ūrdhvāmnāya.

Karen de Witt

Fiz o curso Bṛhat Parāśara Horā Śāstra, no Śrī Jagannāth Center, uma instituição de ensino estabelecida por Guruji Sanjay Rath desde 1998 e sediada em Nova Delhi. Obtive iniciação tradicional e o certificado do curso em 2016 em cerimônia na sede do curso.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.